O INSS TEM UM BENEFÍCIO PARA VOCÊ!

 

Mas como eu consigo esse benefício?

Simples, primeiro veja se preenche esses requisitos e temos uma equipe pronta para entender melhor o seu caso:

 

   ⇒  Você é um trabalhador com Carteira assinada?   Resposta correta SIM 

   ⇒  Você sofreu um acidente de trabalho ou fora do trabalho?   Resposta correta SIM

   ⇒  Após a alta do INSS, você ficou com uma sequela ou precisou mudar de função?   Resposta correta SIM

   ⇒  Você não recebe nenhum benefício pelo INSS por causa dessa sequela?   Resposta correta NÃO.

 


 

Se você ficou afastado por auxílio-doença, recebeu alta do INSS e voltou a trabalhar com uma sequela irreversível do acidente, você tem direito ao benefício do INSS.

Se você foi reabilitado pelo INSS ou precisou mudar de função por causa da sequela, fale imediatamente com um especialista da nossa equipe.


EXPLICANDO:

 

Um acidente de trabalho típico ocorre quando um colaborador sofre algum tipo de lesão, durante o seu trabalho, por exemplo operando uma máquina.

O acidente de trajeto ocorre no percurso da sua casa para o trabalho ou vice-versa.

O empregador tem o dever de abrir a CAT tanto no acidente típico como no acidente de trajeto.

 

Mas e se o seu empregador não abrir a CAT? 

O advogado especialista vai te ajudar com a melhor solução – de forma administrativa ou judicial.

 

E como sei se meu acidente se enquadra nos benefícios do INSS? 

 

Se você é trabalhador registrado em Carteira, sofreu um acidente dentro ou fora do trabalho, se afastou pelo INSS e quando teve alta ficou com uma sequela que atrapalha o seu trabalho ou precisou mudar de função, você pode ter direito ao auxílio-acidente.

 

 

FALE AGORA com um advogado especialista em auxílio-acidente, SEM COMPROMISSO e saiba tudo o que pode ser feito para que você tenha o seu direito de trabalhador garantido.  

 

 

Ficou com alguma dúvida?

Esse artigo possui caráter informativo.
Escrito por: Viviane Lucio Calanca Corazza – OAB/SP: 165.516
E-mail: calanca@calanca.com.br